27º em São Paulo
Nascimento dos dentinhos

Nascimento dos dentinhos

A saúde da boca começa no berço! Essa é a afirmação da nossa entrevistada de hoje, a Dra. Ana Rafaella Odontopediatra, que vai nos ensinar tudo sobre o nascimento dos dentinhos do bebê.

O que o aleitamento materno tem a ver com o nascimento dos dentinhos?

Bom, a criança possui livre demanda da amamentação até os 06 meses, o que é muito importante para o desenvolvimento físico (desenvolvimento da musculatura da boca e da face, e reflexo em outros movimentos como a fala e a respiração) e relações emocionais afetivas (contato íntimo com a mãe). O ato de sugar é muito importante para o desenvolvimento da dentição do bebê. Lembrando que: o leite materno é mais nutritivo, aumenta a resistência da criança, tem a temperatura exata e é gratuito.

Quando se inicia o nascimento dos dentes?

O nascimento, por norma, dá-se dos 06 aos 30 meses. Ressaltando que os dentes decíduos (conhecidos popularmente como “dentes de leite”), são extremamente importantes pra a mastigação, fonética, estética, sendo eles os guias para o nascimento dos dentes permanentes.

Como realizar a higiene bucal do bebê e da criança?

A higiene deve ser feita antes de nascerem os dentes, com a finalidade de acostumar a criança a manipulação da boca. Quando não houver a presença de dentes, deve ser feito uma massagem no rodete gengival (o tecido rosado ainda sem dentinhos) com gaze ou fralda umedecida em água mineral, quando for detectado resto alimentar ou alguma sujeira oriunda do vômito (muito comum em bebês), massageando com a dedeira de Silicone para alivio da coceira.

Já na presença de dentes na introdução alimentar, forma-se uma sujeira, mais conhecida como Placa Bacteriana, que é composta por bactérias e restos alimentares. Sendo assim, devemos fazer a higienização conforme cada fase:

  1. Nos primeiros dentinhos anteriores, uso de fio dental + gaze ou fralda umedecida com solução de água mineral+água oxigenada 10 volumes + Aplicação tópica de flúor receitada pelo dentista.
  2. Após a erupção dos primeiros molares deciduos, utilização de fio dental+escova+creme dental sem flúor + aplicação tópica de flúor receitado pelo dentista, até os 2 anos.
  3. Dos 2 aos 5 anos, uso de fio dental + escova + creme dental com 500ppm de fluor.
  4. Dos 5 anos em diante, uso de fio dental + escova adequada à idade + creme dental de livre escolha. Lembrando que a sequência muda em cada caso, como por exemplo, quando há presença de cáries.

O que fazem quando os dentinhos não nascem?

Vamos falar de odontíase, mais conhecida como os distúrbios do nascimento dos dentes. Alguns dos sintomas associados ao nascimento dos dentes são: gengiva inchada e vermelha, aumento da salivação, recusa alimentar, agitação e dificuldade para adormecer, prostração, diarreia e, possível estado febril.

Não há indicação do uso de medicamentos, pois estes podem mascarar uma possível febre e outros problemas de saúde. Pode ser feita fricção na gengiva com dedeira de silicone, mordedores ou apenas com o dedo bem higienizado. O médico deverá ser consultado caso a criança apresente febre ou algum sintoma diferente destes.

 

 

FONTE:

Ana Rafaella Cânovas

Cirurgiã dentista especialista em Odontopediatria

CROSP: 99.266

 

 

 

 

 

 

Veja mais:

Voltar
Carregando...